Mostrando postagens com marcador Nino Schurter. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Nino Schurter. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Suíça divulga nomes dos atletas de MTB para Olimpíadas de Tóquio

Nino Schrter - MTB XCO


O comitê olímpico da Suíça divulgou nesta quinta-feira, 27 de maio, os nomes dos seis ciclistas que representarão o país nas Olimpíadas de Tóquio, nas provas de mountain bike cross-country.

Jolanda Neff, Sina Frei e Linda Indergand são as convocadas para competir na prova de cross-country feminino. Entre os homens, Nino Schurter, Mathias Flückiger e Filippo Colombo foram selecionados.

Em se tratando de Filippo Colombo, o pré-requisito para que participe das Olimpíadas de Tóquio é que esteja totalmente recuperado da lesão que sofreu no início de maio, quando caiu na etapa da Copa do Mundo em Albstadt.

Em suas redes sociais, Jolanda Neff disse se sentir privilegiada pelo momento e agradeceu aos seus amigos e familiares por todo o apoio durante a preparação. "Sou eternamente grata por conseguir viver a vida que estou vivendo", disse.

Nino Schurter, que atualmente figura como primeiro colocado no ranking UCI de MTB e um dos principais rivais do brasileiro Henrique Avancini, declarou estar orgulhoso de conseguir a sua quarta participação em jogos olímpicos e está focado para Tóquio. "Tenho um objetivo claro para defender o título conquistado na Rio2016", afirmou.

Quais são os nomes da seleção brasileira de MTB para as Olimpíadas de Tóquio?


A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) ainda não fez a convocação oficial dos atletas que irão representar a seleção brasileira de MTB nas Olimpíadas de Tóquio.

Segundo informações dadas ao blog Foto e Bike pela assessoria de imprensa da CBC, a previsão é de que a divulgação aconteça na próxima segunda-feira, 31 de maio.

As provas de Mountain Bike nas Olimpíadas de Tóquio serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.

Foto: Divulgação / Swiss Olympic Team
Leia mais...

terça-feira, 18 de maio de 2021

Nino Schurter volta à liderança do ranking UCI sete meses após perder posto para Henrique Avancini

Nino Schurter retorna à liderança do ranking UCI


Após o final de semana com a etapa da Copa do Mundo de MTB, em Nové Mesto, na República Tcheca, o ranking UCI foi atualizado e o suíço Nino Schurter assume a liderança sete meses depois de ter perdido o posto de número 1 para Henrique Avancini.

Victor Koretzky caiu para a segunda colocação e sua diferença para Nino é de apenas 28 pontos. Avancini permanece em terceiro deste a atualização pós etapa de Albstadt: o brasileiro está agora há 96 pontos do líder.

Considerando até a 100ª posição, com exceção de Henrique Avancini, todos os brasileiros da Elite Masculina tiveram queda nas posições após a atualização do ranking UCI.

Guilherme Gotardelo Müller: 78º (perdeu 7 posições)
Luiz Henrique Cocuzzi: 83º (perdeu 16 posições)
Ulan Bastos Galinski: 90º (perdeu 1 posição)
José Gabriel Marques de Almeida: 94º (perdeu 3 posições)

Na Elite Feminina, considerando as 100 primeiras, Raiza Goulão aparece na 44ª posição.
Leia mais...

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Nino Schurter e Bosch fecham parceria e suíço é novo embaixador da marca

Nino Schurter com e-MTB

Tendo um currículo impressionante com oito títulos de campeonato mundial, sete vezes campeão da Copa do Mundo e medalhista olímpico de XC em 2016, Nino Schurter fecha parceria com a Bosch e é o mais novo embaixador da marca no segmento de motores para e-bikes.


Sobre a parceria com a Bosch, o biker suíço disse gostar de trabalhar com marcas inovadoras e que espera poder contribuir com sua experiência. "Como um dos principais fabricantes para motores e-bike e forte parceiro para a SCOTT Bikes, a Bosch é uma parceria ideal para mim", afirmou.


Aos 34 anos, Nino Schurter é um dos mais bem sucedidos atletas de XC na bem-sucedidos na história do MTB e agora conta com a ajuda de uma e-bike.


"Para mim, uma e-bike é o complemento perfeito para a família de duas rodas. Gosto especialmente de me esforçar ao máximo com a e-bike em subidas. A potência adicional oferece possibilidades empolgantes, especialmente em terrenos íngremes e exigentes", afirma Nino.


Fica a pergunta: será que Nino vai adotar a categoria para fazer história nos campeonatos e-MTB? É esperar para ver.


Foto: Divulgação/Bosch

Leia mais...

segunda-feira, 25 de março de 2019

Schurter e Forster são campeões do Cape Epic 2019

Nino Schurter e Lars Forster - Foto: Cape Epic

Nino Schurter e Lars Forster (Scott-SRAM) entraram na fase final da  Stellenbosch University para Val de Vie Estate com uma confortável vantagem de oito minutos sobre a dupla da Cannondale Factory Racing. Isso significa que apenas tiveram que acompanhar Manuel Fumic e Henrique Avancini para coroar uma semana de sucesso e reivindicar título de capeões do Cape Epic de 2019.


Nino e Forster se deram bem na estreia da dupla e fecharam o Cape Epic com uma margem de 7 minutos e 36 segundos sobre Avancini e Fumic. "Isso foi incrível", disse Schurter sobre o título após o final. "É realmente especial vencer. É muito difícil vencer esta corrida, você precisa ter muita sorte e uma equipe forte. Estamos felizes com isso".

"Ontem eu estava sofrendo e hoje eu estava sofrendo mais", visivelmente satisfeito Forster explicou como o dia final se desenrolou. “Por sorte eu tinha um cara forte comigo que ainda tinha alguns no tanque.”


Uma corrida conservadora até o final pemitiu que outras equipes disputassem a vitória no Grand Finale.

Cape Epic 2020 marcado para 15 a 22 de março


Com o encerramento do Cape Epic 2019, as datas para a 17ª edição do evento já foram apresentadas: será entre os dias 15 a 22 de março e as inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira, 25 de março de 2019.

Fumic e Avancini - Foto: Michele Mondini

Ainda não se sabe muito sobre as duplas que serão formadas para 2019, mas os vice-campeões de 2019, Henrique Avancini e Manuel Fumic (Cannondale Factory Racing) já especularam que estarão juntos.


"Cruzar a linha de chegada mais uma vez com o Fumicão é especial. Eu ainda pretendo vencer a Cape Epic, e por uma longa lista de razões, só será algo mais do que uma vitória, se eu conquistar ao lado desse cara.
Ano que vem tentaremos de novo", disse Avancini no Instagram.

Leia mais...

sexta-feira, 22 de março de 2019

Com estratégia polêmica Schurter e Forster assumem liderança no Cape Epic

Nino Schurter e Lars Foster venceram com estratégia polêmica - Foto: Nick Muzik/Cape Epic

Durante a quinta etapa do Cape Epic, Nino Schurter e Lars Forster (Scott-SRAM) recuperaram a liderança da prova, tomando a camisa amarela de Manuel Fumic e Henrique Avancini (Cannondale Factory Rancing) fazendo uso de uma estratégia polêmica.




Com 100 km e aproximados 2850 metros de altimetria acumulada, a etapa entre Oak Valley e Stellenbosch teve estatísticas semelhantes ao terceiro estágio do evento, porém era a considerada "etapa rainha" do Cape Epic.

A etapa começou forte com a Scott-SRAM imprimindo o rítmo do dia. Apesar da competição ser em dupla, ficou clara a estratégia adotada pela Scott-SRAM de desmembrar outra dupla do mesmo time (DSV-Scott-SRAM) para beneficiar Schurter e Forster. Andri Frischknecht foi o escolhido para essa jogada polêmica. Ele abandou nitidamente seu companheiro de equipe e deverá ser punido pelo Cape Epic pela atitude.




O trio Scott-SRAM foi puxado por Andri e conseguiram quebrar o pelotão nos trechos iniciais do dia. Fumic sofreu bastante com o ritmo impresso e a dupla da Cannondale Factory Racing acabou ficando para trás.

Momento em que "terceiro da dupla" entrega pneu para Lars Forster - Foto: captura de vídeo/YouTube

Andri ainda desempenhou um papel fundamental para o bom resultado de Nino Schurter e Lars Forster na quinta etapa. Hoje, novamente Forster furou o pneu traseiro, mas ao contrário da ocorrência anterior a solução foi contornada de forma rápida quando Frischknecht o entregou o pneu.

Ainda no decorrer da prova, Nino e Lars se juntaram a dupla PYGA Euro Steel composta por Philip Buys e Matthys Beukes. Philip é ex-parceiro de Nino Schurter. Daí em diante os suíços seguiram na roda até o fim da etapa e, como cortesia, deixaram os atletas da PYGA cruzarem a linha de chegada na frente. Avaninci e Fumic chegaram apenas na quarta colocação, 6 minutos atrás dos primeiros.




Com o resultado de hoje, Nino Schurter e Lars Forster assumiram a liderança na classificação e abriram 5 minutos para Henrique Avancini e Manuel Fumic.

Top 5 da Etapa

1. PYGA Euro Steel
7-1 Philip Buys
7-2 Matthys Beukes 04:19.29,5

2. Scott-SRAM MTB-Racing
4-1 Nino Schurter
4-2 Lars Forster 04:19.30,2 (+0,7)

3. Trek Selle San Marco
10-1 Damiano Ferraro
10-2 Samuele Porro 04:25.44,0 (+6.14,5)

4. Cannondale Factory Racing
3-1 Manuel Fumic
3-2 Henrique Avancini 04:25.57,3 (+6.27,8)

5. Tbelles – ProtourBCN
43-1 Roberto Bou Martin
43-2 Alberto Losada 04:28.41,5 (+9.12,0)




Top 5 Geral

1. Scott-SRAM MTB-Racing
4-1 Nino Schurter
4-2 Lars Forster 19:20.25,3-

2. Cannondale Factory Racing
3-1 Manuel Fumic
3-2 Henrique Avancin 19:25.38,9 (+5.13,6)

3. Trek Selle San Marco
10-1 Damiano Ferraro
10-2 Samuele Porro 19:35.16,0 (+14.50,7)

4. BULLS Heroes
6-1 Urs Huber
6-2 Simon Stiebjahn 19:41.54,9 (+21.29,6)

5. SpecializedFoundationNAD
13-1 Alan Hatherly
13-2 Matthew Beers 19:54.46,1 (+34.20,8)
Leia mais...

terça-feira, 19 de março de 2019

Hat Trick para Schurter e Forster no Cape Epic 2019

Três vitórias seguidas para Schurter e Forster no Cape Epic - Foto: Cape Epic

O Oak Valley Estate em Elgin é um ícone do  Absa Cape Epic  e as corridas de hoje serão mais uma vez imortalizadas nos anais da história da corrida, com  Nino Schurter  e  Lars Forster  completando um hat trick de vitórias no palco.

Embora esta não seja a primeira vez que esse feito foi realizado, é a primeira  para o Schurter. A equipe Scott-SRAM MTB-Racing venceu em um tempo de  3:37.41 para estender sua liderança geral sobre Cannondale Factory Racing para mais de quatro minutos.

"Eu pensei que poderia fazer bem, mas não tão bem",  comentou Lars Forster no final. "Isso é incrível."




O ciclista de 25 anos estava visivelmente em êxtase com sua performance de estreia do  Absa Cape Epic  até o momento.

"Ele só vai melhorar", brincou seu parceiro Schurter. "Esta (etapa vencedora) não foi planejada, mas estamos muito felizes com o hat trick".

A prova foi muito movimentada e dura. Indo para a frente no início do estágio de 90 quilômetros de Hermanus a Oak Valley, no topo do Rotary Drive, a primeira subida do dia, a pressão inicial fez com que um grupo frontal se destacasse. Aos 20 quilômetros, o primeiro pelotão foi reduzido para 10 equipes. Este grupo contou com todos os principais protagonistas, mas no topo da subida The Machine foi destruído, com o Schurter e  Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) imprimindo um ritmo forte para sobre os outros.




O materlo foi batido por várias mãos e várias vezes enquanto as equipes sentiam o impacto. Oo movimento decisivo de Schurter e Forster veio em uma subida íngreme em Oak Valley. A equipe KROSS-SPUR lutou bravamente para fechar a lacuna. Avancini e Fumic Racing se concentraram em manter a consistencia e concluir com outro pódio seguro, seguidos de perto por  Damiano Ferraro  e  Samuele Porro,  da  Trek Selle San Marco.

"Tivemos um ótimo dia", disse Manuel Fumic, da Cannondale Factory Racing. “É sempre bom terminar no pódio.




"Houve alguns momentos tensos cedo porque havia muitas equipes que queriam fugir para uma vitória no palco", disse ele para resumir o dia. "Tivemos sorte de podermos acompanhar a camisa amarela e não perder muito tempo".
Leia mais...

Após troca de farpas, Avancini e Schurter se manifestam nas redes sociais

Nino Schurter e Henrique Avancini - Foto: Nick Muzik/Cape Epic

Após a troca de farpas em entrevistas ao fim do primeiro estágio do Cape Epic 2019, ocorrido nesta segunda-feira, 18 de março, Hnerique Avancini (Cannondale Factory Racing) e Nino Schurter (Scott-SRAM) se manisfestaram nas redes sociais sobre o ocorrido.




Em seu Instagram, Avancini disse que passou na equipe do rival para "acalmar a situação, pedir desculpas pra ele e continuar com a corrida". O brasileiro reconheceu que durante a entrevista foi "agressivo" com a escolha das palavras.

"Eu o respeito como o melhor de todos os tempos deste esporte e espero que ele me respeite como um cara que se esforçou muito para competir em alto nível", disse.



Another good stage for me and @manuelfumic . We finished 2nd behind the fast Scott duo. Mostly of the stage was really smooth apart from one racing episode I had with Nino. From my point of view a race is raced only with legs when out there. For him, using words as a “mental game” during the race is part of it. We disagree on this point, which is alright. Most important, we BOTH agree that I over reacted on my first interview and was too aggressive with my choice of words, even if I don’t like the way he behaves at times during the race. Even if I don’t approve few things he does (and he also doesn’t like few things I do), I just passed by to talk to him and his team, clear the situation, apologize to him and crack on with the race. I respect him as The Best Ever of this sport and I hope he respects me as a guy that tries really hard to race at this level. . . . Mais uma boa etapa para mim e Manuel Fumic. Terminamos em 2º atrás do dupla da Scott. A maior parte do dia foi realmente suave, exceto um episódio que tive com Nino. Do meu ponto de vista, uma corrida é disputada apenas com as pernas quando estamos na pista. Para ele, usar palavras como um “jogo mental” durante a corrida é parte disso. Nós discordamos nesse ponto, e nada de errado em ter pontos de vista distintos. Nós dois concordamos que embora, da minha perspectiva eu não goste do que ele faz, em minha primeira entrevista fui agressivo com a escolha de minhas palavras. Mesmo que eu não aprove o comportamento dele (e ele também não gosta de algumas coisas que eu faço), eu apenas passei para falar com ele e sua equipe, acalmar a situação, pedir desculpas pra ele e continuar com a corrida. Eu o respeito como o melhor de todos os tempos deste esporte e espero que ele me respeite como um cara que se esforçou muito para competir em alto nível.
Uma publicação compartilhada por Henrique Avancini (@avancinimtb) em

Schurter, também pelo Instagram, falou sobre o desentendimento entre Avancini e ele no primeiro estágio do Cape Epic. "Estou muito triste com o estranhamento entre Avancini e eu na corrida".




"Eu lhe dou crédito por ter vindo se desculpar. No entanto, "eu nunca fui rude com qualquer um dos meus concorrentes, como ele explica. Eu respeito todos os meus colegas de corrida", declarou Schurter.

O suíço ainda quis jogar mais combustível nas chamas ao chamar o brasileiro de mentiroso. "A maneira como ele explicou as coisas para o público e seus fãs é uma mentira que eu não esperaria de um campeão que ele é", concluiu.

Leia mais...

segunda-feira, 18 de março de 2019

Clima fica tenso entre Avancini e Schurter após primeiro estágio do Cape Epic

Momento em que Avancini e Schurter conversam durante a prova

O clima ficou tenso entre Hnerique Avancini (Cannondale Factory Racing) e Nino Schurter (Scott-SRAM) durante o primeiro estágio do Cape Epic 2019, ocorrido nesta segunda-feira, 18 de março.

Em entrevista à repórter do Cape Epic, Avanici afirmou que desejava que existissem microfones nas bicicletas para que as pessoas pudessem escutar o que Schurter diz aos outros atletas do pelotão.




"Eles estavam fortes hoje, mas honestamente não assusta. Como eu já disse, Nino é o melhor mas a minha motivação também é grande. Para ser honesto, seria legal se tivéssemos microfones nas bicicletas e assim as pessoas poderiam conhecer quem é o 'Real Nino'", declarou Avancini.

Questionado pela repórter sobre o que tinha acontecido, O brasileiro explicou que Nino "não dá a mínima para nenhuma atleta do pelotão". "Ninguém conhece esse lado dele e eu realmente odeio isso. Eu sou uma pessoa que trabalhei duro para chegar nesse nível, para chegar nesse ponto de carreira profissional e ele está sempre falando merda para todos os corredores que assustam ele", declarou.


"Ele é o melhor. Mas honestamente, nessa corrida, ele não é o capitão do barco e não me assusta. É uma semana longa e eu vou fazer uma boa luta nos outros dias. Aos poucos ele vai mostrar quem ele é, como sempre", finalizou.




Mais tarde, em uma publicação em seu Instagram, Avancini disse que mesmo sem aprovar o comportamento de Nino Schurter, pediu desculpas pelo ocorrido. "Eu o respeito como o melhor de todos os tempos deste esporte e espero que ele me respeite como um cara que se esforçou muito para competir em alto nível", disse.



Another good stage for me and @manuelfumic . We finished 2nd behind the fast Scott duo. Mostly of the stage was really smooth apart from one racing episode I had with Nino. From my point of view a race is raced only with legs when out there. For him, using words as a “mental game” during the race is part of it. We disagree on this point, which is alright. Most important, we BOTH agree that I over reacted on my first interview and was too aggressive with my choice of words, even if I don’t like the way he behaves at times during the race. Even if I don’t approve few things he does (and he also doesn’t like few things I do), I just passed by to talk to him and his team, clear the situation, apologize to him and crack on with the race. I respect him as The Best Ever of this sport and I hope he respects me as a guy that tries really hard to race at this level. . . . Mais uma boa etapa para mim e Manuel Fumic. Terminamos em 2º atrás do dupla da Scott. A maior parte do dia foi realmente suave, exceto um episódio que tive com Nino. Do meu ponto de vista, uma corrida é disputada apenas com as pernas quando estamos na pista. Para ele, usar palavras como um “jogo mental” durante a corrida é parte disso. Nós discordamos nesse ponto, e nada de errado em ter pontos de vista distintos. Nós dois concordamos que embora, da minha perspectiva eu não goste do que ele faz, em minha primeira entrevista fui agressivo com a escolha de minhas palavras. Mesmo que eu não aprove o comportamento dele (e ele também não gosta de algumas coisas que eu faço), eu apenas passei para falar com ele e sua equipe, acalmar a situação, pedir desculpas pra ele e continuar com a corrida. Eu o respeito como o melhor de todos os tempos deste esporte e espero que ele me respeite como um cara que se esforçou muito para competir em alto nível.
Uma publicação compartilhada por Henrique Avancini (@avancinimtb) em

Leia mais...
 
Copyright © 2021 Foto e Bike.com • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top