terça-feira, 18 de maio de 2021

Brasil conquista três vagas no MTB para Olimpíadas de Tóquio

Avancini liderando prova em Albstadt


O ranking de classificação olímpica foi finalizado e o Brasil conseguiu três vagas no MTB, sendo duas no masculino e outra no feminino, de acordo com informação divulgada pela União Ciclística Internacional (UCI), nesta terça-feira, 18 de maio.

Mesmo o Brasil sendo um dos países mais afetados pela pandemia do coronavírus, os atletas da seleção de MTB treinaram e pedalaram forte para fechar a classificação e garantir as vagas olímpicas.


Composto apenas por países, a pontuação do ranking classificatório reúne a somatória de pontos dos seus três melhores ciclistas no ranking mundial, tanto no masculino quanto no feminino. Os dois primeiros colocados conquistam três vagas, da 3ª a 7ª colocação tem direito a duas vagas, e da 8ª a 21ª posição fica com uma vaga.

O Brasil fechou a classificação na 4ª posição no masculino entre 96 nações. Já no feminino, conquistou a vaga ao terminar na 18ª posição entre 88 países.

Quais são os nomes da seleção de MTB nas Olimpíadas?


A CBC ainda não fez a convocação oficial dos atletas que irão representar a seleção brasileira de MTB nas Olimpíadas de Tóquio e informou que isso deverá ocorrer nos próximos dias no site da confederação após a publicação final de alocação de cotas da UCI.

Contudo, a comissária da UCI e da CBC, Regina Barbieri, participou de um podcast da CIMTB publicado em 6 de maio e especulou, devido às pontuações, que os representantes da seleção brasileira no MTB nas Olimpíadas de Tóquio deverão ser Henrique Avancini, Luiz Henrique Cocuzzi e Jaqueline Mourão.

As provas de Mountain Bike nas Olimpíadas de Tóquio serão disputadas entre os dias 26 e 27 de julho.
Compartilhe essa publicação!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2021 Foto e Bike.com • Direitos reservados | Escreva-nos: blogfotoebike@gmail.com
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top